Badboy of' Mine - Capítulo 42

| | |
- Oh god, i'm gonna die alone


Ele está muito bravo, mas ele não vai desistir tão fácil, não. Você tem apenas uma tentativa, não perca a chance de estourar  A alma está escapando pelo buraco que está se escancarando. Uma vida normal é chata, mas o estrelato é próximo a um pós-morte, Só fica mais forte, só fica mais quente.  Sem mais jogos, eu vou mudar o que você chama de raiva, E estes tempos estão bem difíceis e está ficando cada vez mais difícil. Eu tenho que formular um plano ou eu acabo preso ou baleado. O sucesso é a minha única porra de opção, o fracasso não. -Lose Yourself /Eminem

Narrador P.O.V's

Ouviu a agitação começar a se instalar gradualmente no andar de baixo quando SeuNome estava em seu quarto. Desceu sem maiores planos em mente, vendo Danny e Débora se sentando nos sofás e começando uma conversa um tanto frustrante. Resolveu não chegar nem perto para não piorar a situação, ouvindo poucas palavras de longe. Logo Jack saía da cozinha parecendo machucado e segurando uma compressa de gelo. Que droga estava acontecendo ali? O medo de perguntar e causar uma longa discussão tomou conta de si. Era para eles estarem em seus turnos de venda a uma hora dessas.
          Quando as batidas na porta soaram pelo loft, o barulho pareceu passar despercebido por aqueles que conversavam entretidamente. SeuNome foi até a porta dos fundos a abrindo para um Zayn desnorteado que adentrou. Assim que chegou perto de casa, ele nem pode acreditar que estava vivo, as dores aleatórias por todo seu corpo, principalmente em seus músculos eram grandes. Tinha batido na porta com força, e quando aberta, caiu no chão da cozinha de tão cansado que estava após pisar em falso uma ou duas vezes.

SeuNome: Zayn! Pelo amor de Deus, o que aconteceu?!- desesperada pelo estado dele, ajudou-o a levantar. O moreno não parecia afim de papo, segurou nos ombros dela e tentou se recompor enquanto começava a ouvir a conversa vinda da sala. -Que merda você fez agora?! Quem te bateu?! Estou falando com você, imbecil! -ele se soltou de seus braços indo até a maior movimentação na casa, que atraía tantos seus ouvidos desconfiados.
Danny: Quero ver quando Zayn chegar, você acha que ele não vai saber?
Jack: Olha, Dan...sobre a briga...sobre o celular dela, não tem razão para contar...
Zayn: Me contar o quê? -os olhares ali se focaram na nova figura de pé os observando. O psicológico fragmentado de Jack entrou em um alerta nervoso que ele lutou arduamente para encobrir com uma boa postura.
Jack: Nada. -se pronunciou antes que Danny abrisse a boca. -Falávamos de uma pequena discussão que tivemos durante o turno de hoje...mas que porra aconteceu com você? Bro, você tá horrível!
Zayn: Não mude de assunto Jack, continue. O que "não tem razão pra me contar"?
Jack: Eu quero saber onde você se machucou assim, parece que foi atropelado por um trem.
Zayn: Isso não te diz respeito agora, responda a droga da pergunta.
Danny: Zayn, o que te aconteceu?
Zayn: Eu te conto depois. Agora você vai me dizer o que está acontecendo aqui. Jack? -o analisou e o mesmo abaixou o olhar percebendo que não haveria como escapar do inevitável. Mas aquilo não sairia de sua boca.
Danny: Nós estávamos vendendo, nos divertindo um pouco e do nada o Jack ficou esquisito, a gente tentou perguntar pra ele o que estava acontecendo mas tudo que vimos foi ele ficar agressivo por causa de um celular.
Zayn: E o que a Piper tem a ver com isso? -olhou novamente para Jack. -Eu podia jurar que ouvi o nome dela saindo da sua boca. -sorriu ironicamente.
Débora: O celular que o Jack ficou escondendo de nós é da Piper. Danny acha que ele viu alguma coisa lá, que não quer que soubemos. -Jack a olhava como se a irmã tivesse o traído. E ela fez questão de dizer, só pela maneira que ele a tratara na boate.
SeuNome: Onde está o celular?
Jack: Não está mais comigo.
Danny: Como não? Você tirou da mão da Deb, você foi o último que estava com ele.
Jack: Eu devolvi pra Piper, durante a volta para casa. -Zayn balançou a cabeça, assentindo.
Zayn: É claro, não é. -riu presunçoso. -Danny, vai procurar a Piper. -o louro se levantou e rapidamente correu pela mansão a procura da garota. Enquanto isso, Zayn encarava o amigo seriamente, refestelando-se na sensação única de ter o controle mais uma vez. Ele se perguntava instintivamente se Jack estava sendo ingênuo sobre a gravidade da situação ou propositalmente cego. Alguns minutos depois, Danny volta fazendo um simples sinal com a cabeça de que não havia nem sinal dela. -Interessante, exatamente como eu pensei. -empurrou Jack para a parede com toda a força que lhe restava nos braços, segurando entre os dedos roxos o colarinho da blusa suada do amigo. A cabeça dele batera na extremidade com força lhe deixando ligeiramente tonto. Todos ali se assustaram com o ato, SeuNome fechou os olhos os apertando fortemente. -O que você viu no celular? Eu só vou te perguntar uma vez.
Jack: Não, por favor não me faz fazer isso! -Zayn soltou-o só para empurra-lo novamente com ainda mais força contra a parede. A cabeça de Jack se chocou novamente. -ZAYN!
Zayn: Abre a boca porra!
Débora: Jack, por favor! Fala logo o que você sabe! -implorou e Jack suspirou.
Jack: E-ela vai se encontrar com um tal de Dylan as 2 da manhã para passar algumas informações, e algo sobre a SeuNome. Pelo visto eles tem um acordo ou sei lá, ela tem sido uma informante pra eles...É..é tudo que eu sei. -Zayn encarava seus olhos, buscando sentido em suas palavras.
Zayn: O que?
Jack: É exatamente isso que você ouviu. -Zayn o soltou de uma vez, sem saber se isso era destino, castigo ou mero azar. Sua cabeça rodou por algum tempo, mas tinha certeza de que nada daquilo o impressionava. O caráter ambíguo de Piper havia sido subestimado por ele, que sempre achou ter problemas maiores do que uma simples garota poderia lhe dar. As coisas se clarearam rapidamente em sua cabeça, uma peça se encaixou no quebra-cabeças desgraçado que era sua vida. Uma informante confidencial para Mitchell e seu pessoal, é claro. Havia sido tão estúpido, e era exatamente assim que se sentia naquele momento. Charlie queria o destruir obtendo cada vez mais informações. Zayn queria chegar a ele. E Charlie como sempre, fazia de tudo para estar um passo a frente.
Zayn: Sendo assim, acho que não tenho tempo, não é? -riu sem humor. -Seu filho da mãe.
SeuNome: O que você vai fazer? -ele a ignorou.
Zayn: A quanto tempo ela saiu? E com que carro? -mesmo hesitante, Jack resolveu abrir a boca.
Jack: Desde que me deu a compressa de gelo, uns 5 minutos. Ela saiu pelos fundos com o meu carro. O mesmo que chegamos em casa.
Zayn: O celular não dizia o destino?
Jack: Ela combinou falando "o lugar de sempre", não faço ideia do que seja. -percebeu que ajudar era melhor do que sofrer as consequências do contrario. -Juro que não sei.
Zayn: Tanto faz o que você jura. -respondeu friamente. -Você está com sorte dela ter pegado o seu carro em vez do dela. Aí sim estaríamos fodidos. E só te digo uma coisa: se isso acontecesse eu nem sei o que faria com você agora seu filho da puta...
Jack: Olha, na mensagem esse cara disse que sabia tudo sobre ela, Piper pode estar sendo chantageada, ela pode estar fazendo essas coisas sem realmente querer. -Zayn quis rir alto. 
Zayn: Então por que ela não veio me contar? Ela sabe que podíamos dar um jeito. -rebateu. -Simples, por que ela está trabalhando para eles por livre e espontânea vontade. -direcionou a atenção para Dan, que estava afastado da discussão. -Danny, liga o computador e assim que eu te ligar, fica comigo na linha. Você já tem a monitoração da minha moto, então copia bem rápido a posição e me guia até o rastreador do carro que a Piper está. -ele assentiu e começou a ligar o aparelho. Zayn se dirigiu a porta mas Jack tentou impedi-lo. 
Jack: Ei, ei, você não precisa fazer isso. Zayn! 
Zayn: Olha, eu realmente não imaginei que diante de todas essas informações contra ela, você ainda sim a defenderia. Espero que admita a sua maldita covardia e se divirta com ela. -concluiu impiedosamente antes de deixar a casa. Na garagem, tirou a capa da moto e subiu nela, pegando rapidamente o telefone do bolso, e discando o número de Danny. Não tinha paciência, tempo e muito menos forças naquele momento para usar escuta. 
Danny: Ela saiu a exatos 7 minutos, vou te dizer por onde passou a medida que você for se aproximando, e o destino está no tempo estimado 25 minutos daí. -ouviu após esperar algum tempo com o amigo na linha. 
Zayn: Entendi, e quanto a minha posição, copiando?
Danny: Copiado, pode ir.

Zayn girou o pulso esquerdo duas vezes acelerando o veículo e saiu noite a dentro a procura de Piper.                       Passando por inúmeras curvas mais matizadas que qualquer outra cidade poderia ter, e ouvindo as instruções de Danny atentamente, não fora tão difícil quanto pensara achar o endereço de um hotel ao norte com a Hooters. Acelerava o tanto que podia para alcança-la, embora o velocímetro indicasse que já passava do limite de velocidade. E segundo Danny, o carro dirigido por Piper acabara de estacionar na frente do hotel, havia tempo. Aquela era a primeira vez que Zayn pilotava uma moto e não era invadido com o sentimento de liberdade que sempre explodiu sua mente e coração em milhões de pedaços. Agora o medo e preocupação faziam isso com maior vigor. Pela dor, em vez de lhe fazer pelo amor como a liberdade geralmente lhe presenteava. 
                   Estacionou a moto no ponto mais escondido que pode, e então seguiu para dentro do hotel. Teve de formular um plano de última hora, na raiva, na correria. Tudo que pensava era em ver aquele rostinho demoníaco se contorcendo de dor. Dor que ele queria fazê-la sentir por trair sua confiança. A movimentação era constante pelo lobby, mas com algum esforço conseguiu achar de longe a loira falando com o recepcionista. Uma troca rápida de palavras que ele não se incomodou em tentar ler os lábios, resultou em Piper caminhando até um dos elevadores. Zayn se escondeu entre as divisas de corredor para rapidamente poder ver o andar. O dedo apertara "8" antes que as portas se fechassem com várias pessoas dentro. Ele deu um jeito de passar pela recepção sem ser visto e abrir a porta que levava ás escadas, se escondendo ali. A probabilidade de alcança-la subindo por ali era pequena, mas mesmo assim, seu subconsciente sobrecarregado não conseguiu pensar em outra maneira. Ignorando a fadiga que sentia pós ter tomado a maior surra de sua vida, obrigou seus pés a correrem o mais rápido que podiam até o andar. Aquela era sua única oportunidade, e não ia deixar que o cansaço o vencesse. Tudo se resumiu a velocidade e sorte. Possivelmente tendo parado em outros andares antes, o elevador chegou alguns segundos depois de Malik, escondido atrás de uma máquina de comida de seu tamanho. Assistiu quieto Piper sair do elevador e abrir uma das portas ali, entrando em seguida. Se apressou para se aproximar antes que ela a trancasse. A garota tomou um grande susto ao ver Zayn entrar em seu quarto poucos minutos depois dela. 

Piper: Malik! -arregalou os olhos. 
Zayn: Acabei de reparar o quanto gente interessante está meio que em extinção. Reparou? -brandou para ela com o corpo projetado para frente, deixando-a temerosa pela própria integridade física.
Piper: Que diabos está fazendo aqui? Vo...
Zayn: Eu? Não, não. -se segurava para não dar nela um soco que a derrubasse no chão. -O papo aqui é sobre você. Eu queria mesmo é te dar um prêmio pela coragem e, cacete, por me surpreender assim. Que a corrupção é magnificamente sedutora eu já sabia, mas ver assim, tão crua nos seus olhos parece...ual. 
Piper: Seja lá o que tenha planejado, fez muito mal de vir até aqui. Dylan está para chegar a qualquer momento. 
Zayn: Ah, eu já sei disso. Dylan, Dylan, então esse é o cara para quem você está dando em troca de...dinheiro? Proteção? Só por dar mesmo? -presumiu sarcasticamente. 
Piper: O Jack não é? -fez uma careta de nojo. -Eu já imaginava que ele ia me entregar alguma hora. Todos preferem você a mim, inclusive o meu próprio namorado. Parabéns. 
Zayn: Na verdade, é incrivelmente lamentável como ele defende você. 
Piper: É mesmo? -riu sem humor, e por um momento um brilho de arrependimento esteve presente em seu olhar. O quarto estava com a luz baixa, pouco se podia ver com a luz da cidade projetada na janela.
Zayn: O que a SeuNome tem a ver com isso? Você deve estar sendo paga para passar informações minhas, mas, isso realmente me deixou curioso. 
Piper: Como você sabe?
Zayn: Eu sei de tudo. -se gabou com um humor negro presente na voz. -Não tem nada que você queira falar dela para alguém. -se ele tivesse que duvidar de si próprio, diria que o silencio vindo dela o assustou por um segundo.
Piper: Eu sinto tanta pena de você, querido. -disse com um sorriso estranho no rosto. -Acha que sabe de tudo, mas na verdade tudo que quer é se convencer disso. Você e os imbecis que acreditam que vão sair dessa vivos não vão durar muito mais. São tão estúpidos em pensarem que tem alguma chance. Mas eu não vou afundar com vocês, escolhi o lado vencedor. Não pode me culpar, eu estou me garantindo! Se quer saber o que a SeuNome tem a ver com isso, pergunte a si mesmo, que a envolveu desde o início. -seu tom irônico pareciam garras arranhando com toda a força o resto de sanidade que sobrara no garoto. -Cuide bem dela, Malik. Muitos estão à espera de uma falha sua. 
Zayn: Desgraçada! -cuspiu em seu rosto e a empurrou contra o espelho, que se quebrou no momento que que a cabeça de Piper se chocou contra ele fazendo um barulho estrondoso. -MANDE-OS FICAREM LONGE DELA! -a loira ria e chorava ao mesmo tempo. Uma completa maluca. Zayn bateu a cabeça dela no vidro por várias vezes, e mesmo com sua testa sangrando, não desmaiou.
Piper: Oh papai, você não faz ideia...-se afastou do espelho rachado com seu sangue e beijou a boca de Zayn enquanto ria. Isso o resultou num ódio incontrolável. Sua pulsação bombeava a mil, queria retalhar aquela garota. -POR ACASO VOCÊ FAZ IDEIA DISSO? DO QUANTO ME SUBESTIMOU? -ela gritou em seu ouvido e ele a jogou no chão, ficando por cima dela e procurando algo que pudesse corta-la enquanto Piper se debatia embaixo dele. Pegou um caco de vidro que estava no chão e fez um corte fundo na barriga da garota. Ela gritou estridentemente e Zayn sentiu suas mãos coçarem para enforca-la e acabar de vez com isso. 
Piper: Eles vão acabar com vocês da pior forma possível! E principalmente, com ela. -o rosto vermelho chorava sem parar, mas o sorriso ainda sim não o deixava. 
Zayn: Não precisa chorar porque eu vou te matar agora, guarda essa merda pro seu criador rezando pra ele ter piedade de você. 
Piper: Não, Malik. -sorriu enquanto as veias de sua testa saltavam a medida que Zayn apertava seu pescoço contra o chão. A voz era fraca e saía com dificuldade. -Eu não choro por medo de morrer. Choro de alegria, porque só me aceitariam completamente se eu conseguisse um bebê. E a qualquer momento, SeuNome vai descobrir que está gravida por eu ter manipulado os seus meios de prevenção. Vocês estão prestes a descobrir...o que é estar vulnerável. -a mão de Zayn se afrouxou dela, deixando-a respirar bem novamente. -Gena vai mata-la assim que tiver a criança para si. 
Zayn: N-não. -foi sua vez de rir. -Você é uma louca, está completamente louca. Não faz ideia do que fala. 
Piper: Você não sabe com quem está lidando. -a porta ali se abria, mas apenas Piper havia percebido. Dylan adentrou o quarto após trancar a porta atrás de si. Automaticamente ao vê-lo, a garota se sentiu confortavelmente segura. -Finalmente! -tentou se levantar do chão mas sua cabeça ferida rodava por causa da luz agora acesa por ele. Zayn parecia extasiado, olhando para um ponto qualquer e temendo. Temendo que afinal, Piper não estivesse tão louca assim em uma de suas afirmações. Mal se importou com a nova figura no quarto. -Dylan...-passou a mão no sangue que descia sem parar de sua cabeça. Ele percebeu um Zayn completamente fora de orbita que não lhe oferecia perigo ali sentado, e Piper sangrando no chão estendendo a mão para ele. -Amor, me ajuda...
Dylan: Oi querida. -se aproximou devagar tentando entender o que havia acontecido ali, o espelho quebrado, a bagunça no lugar. -Obrigado por me confirmar aquilo que te pedi. -tirou seu revolver da cintura apontando para Zayn. Ela suspirou aliviada. Em seguida a mão do intruso deslizou até ter a loura em sua mira. Ao notar, o coração dela passou a bater desenfreado. 
Piper: Dylan, o que você...-balançou a cabeça negativamente. -Não, não, querido, aponte pra ele. -Dylan não obedeceu, engatilhando a arma. -APONTE PRA ELE DYLAN! 
Dylan: Desculpe amor, não podemos trabalhar com traidores. 

O barulho alto automaticamente fez com que Zayn piscasse rapidamente. Seus olhos subiram para o homem a sua frente juntamente com sua arma em mãos. E sem esperar que Dylan também apontasse para ele, atirou em sua perna o fazendo cair no chão com um grito rouco. Zayn aproveitou para se levantar rapidamente, saindo perto do corpo de Piper e chutando o revolver de Dylan para longe dele. Assim poderia sair sem maiores problemas, a última coisa que queria agora era ter que eliminar aquele cara. Por isso só o derrubou para que saísse do caminho e abrisse passagem para que pudesse sumir dali. O cara lhe encarou com raiva sem dizer nada, enquanto Zayn desviava de sua perna baleada indo em direção a porta.
                        Não se importava que Piper lhe traíra. Ou que ela morrera agora mesmo em sua frente. Ou o que aquele olhar cheio de ódio de Dylan pudesse significar. A única coisa que lhe fez deixar o hotel pelos fundos em total estado de choque, foi a hipótese de que, no meio de tanta guerra, uma criança estivesse a caminho para acabar de vez com a sua vida e qualquer chance que ele tivesse de trapacear o destino.


CONTINUA...
Recado pras falsianes kkk, traiu, morreu. Brincadeira gente. 
Como eu já tinha dito, as coisas estão indo mais rápido e logo essa temporada chegará ao fim :/  Mas não se preocupem que já estou planejando a nova que é bem diferente dessa realidade que os personagens estão acostumados.  

39 comentários:

  1. Tomei um susto quando disse fim de temporada, pensei q a fic ia acabar kkkk vai acabar agora n neh?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. N anjo, provavelmente vai ter até a segunda temporada antes de acabar
      xx

      Excluir
  2. Finamente o momento q eu esparava muahahahaha piper traídora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NEM ME FALA! Eu estava louca para postar essa parte kk
      xx

      Excluir
  3. AI ME CORAÇÃO....CARA EU TÔ LOUCA!!COMO ASSIM S/N GRÁVIDA,O QUE SERÁ QUE VAI ACONTECER???EU ESTOU LLLLOOOOOOUUUUCCCCAAAA E MMMMUUUUIIIITTTOOO FELIZ POR PIPER TER MORRIDO ❤❤❤❤ VC LACROU MEU AMOR ISSE CAPITULO FOI ESPLÊNDIDO !!!!!!PALMAS 👏 PRA VC LINDA CONTINUA!!!
    XX:Ana❤❤ bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AIN CALMA GAROTA, AGUENTA QUE ASSIM VC TBM ME ANIMA E VOU ACABAR FAZENDO BESTEIRA ANTES DA HORA KK ♥
      Verdade, eu estava doida para escrever essa parte! Muito obrigada amr, vou continuar sim.
      xxx

      Excluir
  4. Continua ,esse capitulo ta muito legal

    ResponderExcluir
  5. Será que a piper falou a vdd?
    Continua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será? Essa mina é muito maluca quando quer algo, vai saber kkk
      Pode deixar anjo xx

      Excluir
  6. OMG! COMO ASSIM S/N GRÁVIDA? AI MEU PAU INEXISTENTE - perdão a palavra- PIPER SUA BITCH! MORREU FINALMENTE!!! JSDJDBDJSISE PALMAS PRA ESSE DYLAN! CHEGOU O MOMENTO QUE EU ESPERAVA.
    CONTINUE LOGO! EU FICO MAIS VICIADA NESSA FIC A CADA SEGUNDO! NÃO MATA A S/N E MUITO MENOS ESSE "BEBÊ" QUE TALVEZ A PIPER ESTEJA MENTINDO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KK SEU PAU INEXISTENTE TA BEM?
      SIMM, ALELUIA SENHOR! JÁ FOI TARDE UAHSJAK VERDADE, Dylan foi o fdp que salvou Zayn de sujar as mãos com essa garota.
      Pode deixar meu amor, eu vou fazer o possível (risada maligna), Obrigada pelo carinho ♥

      Excluir
  7. Continua ❤
    Amei o capitulo
    Adoro o jeito q escreve

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aww, mesmo? Muito obrigada amor, fico feliz que gostou. ♥
      xx

      Excluir
  8. Continua
    A fic ta muito legal

    ResponderExcluir
  9. Agora zayn vai ter q ficar de olho, n quero q nada aconteça com s/n :(
    Continua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, se antes já estava difícil... :/
      Pode deixar amr xx

      Excluir
  10. Continua ,amei o capitulo

    ResponderExcluir
  11. A fic ta muito legal

    ResponderExcluir
  12. Preciso de continuação plz 😜

    ResponderExcluir
  13. A melhor fic ❤ continua

    ResponderExcluir
  14. Continua logo ta perfeita essa fic amo ♡ a maneira que escreve XD

    ResponderExcluir
  15. ah fic que eu mais amooo <3 continua, eu te imploro, não to aguentando aqui, pleaseeee

    ResponderExcluir
  16. Por favor se vc tiver um grupo no watts, me adc lah. 74 81209416

    ResponderExcluir
  17. Eu não guento
    Perfeição muito grande

    ResponderExcluir
  18. Por favor....s/n não morre nem fica gravida. Se uma desses coisas acontecer eu me mato.

    ResponderExcluir