Undercover- Capítulo 9: Lembranças

| | |
            
         Savanna Hastings P.O.V
10 de março de 2011 - Brighton - Sábado, 8:20 A.M

- Bom dia flor do dia! - escutei uma voz de fundo e senti alguém me chacoalhar na cama.

Abri meus olhos tentando me acostumar com a claridade e vi Rebeca parada com as mãos na cintura.

- Que horas são? - perguntei ainda meio sonolenta me sentando na cama.
- Hora de você ter o seu dia de noiva - ela deus pulinhos- Qual é a sensação de saber que você vai se casar hoje? - ela nem deixou eu falar- Eu sei que é com o meu irmão - fez cara de nojo- Mas mesmo assim, como você esta se sentindo?
- Pra começar - falei me levantando da cama- Seu irmão é um cara incrível, e eu estou normal. - caminhei até o banheiro.
- Você não esta nervosa? - neguei- Afinal, daqui algumas horas aquele jardim estará lotado de pessoas que virão ver você e o Jessie - ela olhou pela janela.
- Não estou nervosa, estou feliz - sorri- Vou me arrumar rapidinho e já to descendo. - ela ia saindo quando eu a chamei de novo- Alias, cadê o Jessie? - com toda a animação de Rebeca nem percebi que ele não estava na cama, achei estranho porque ele sempre tá dormindo quando eu acordo. 
- Foi buscar o terno dele com o papai e o seu tio - ela revirou os olhos- Homens sempre atrasados - ela riu e eu entrei no banheiro.

Tirei minha roupa, entrei no box e liguei o chuveiro.

Quem diria que eu estaria me casando, eu só tenho 17 anos e vou me casar. Jessie parece o cara certo pra mim.
Se bem que, John só quer que eu me case pra mim sair de vez do mundo do crime.
Robert o pai de Jessie é um chefe de máfia muito rico mas ele mantém a família fora disso. Meu tio acha que se eu me casar com Jessie eu estarei segura, e poderei viver uma vida normal.

Normal? Fala sério, eu não tenho uma vida normal desde... A morte dos meus pai na minha frente?

Poxa eu tinha nove anos, crescer sem meus pais foi uma droga. Sorte que eu tinha o meu tio, que depois de um tempo me contou o verdadeiro motivo do assassinato deles.
John me ensinou tudo o que eu sei sobre o mundo do crime, e nós sabemos que isso é errado, mas ele não teve escolha.
Foi difícil pro meu tio entender que com quatorze anos eu já era uma assassina de aluguel. Quem iria suspeitar de uma garotinha fraca e indefesa?

Desde que meu relacionamento com Jessie vem dando certo, que eu parei de ser uma criminosa, isso faz mais de um ano.
E foi assim que eu e Jessie nos conhecemos, eu fui contratada para mata-lo. Mas nos apaixonamos, e aqui estamos, o dia do nosso casamento.
Jessie sabe sobre o trabalho de seu pai, mas ele prefere ficar de fora disso, porque no ano passado sua mãe foi sequestrada e morta pelos inimigos de seu pai. Foi um inferno fazer Jessie voltar a falar com o pai dele depois daquele terrível incidente.

Mas hoje é só alegria.

Terminei de me arrumar, peguei minha bolsa e meu celular e sai do quarto.
Notei que tinha uma mensagem do meu celular, abri vendo uma mensagem de Jessie.

Nos vemos no altar. xoxo
Respondi rapidamente:
Eu serei a de branco. xoxo

Terminei de descer as escadas e Beck estava no sofá vendo TV.

- Vamos? - eu disse.
- Não vai tomar café? - ela perguntou desligando a Tv.
- A gente come alguma coisa no caminho.

[...]

Eu já estava pronta encarando o meu reflexo na frente do espelho. Eu estava divinamente linda, definitivamente Beck tem um otimo gosto porque meu vestido era lindo.

Eu não estava nervosa, estava até calma de mais. Faltavam dez minutos pra mim formar uma nova família.

- Querida? - bateram na porta- Posso entrar?
- Sim - respondi, a porta se abriu e era meu tio.
- Você esta linda! - ele me olhou de cima abaixo e seus olhos lacrimejaram- Seus pais ficariam orgulhosos da linda mulher que você se tornou. - uma lágrima escorreu sobre sua bochecha.
- Obrigada - senti meus olhos encherem de agua- Eu sei que eles estão feliz em algum lugar. - sorri.
- Está na hora - ele disse olhando no relógio.
- Me de alguns minutinhos? - respirei fundo, ele entendeu e saiu do quarto.
- Te esperarei lá embaixo. - eu assenti indo até o espelho me olhando novamente.

A porta foi aberta novamente me virei pra ver quem era e era Robert, ele não estava com um semblante muito bom.

- Aconteceu alguma coisa? -perguntei
- Sim. - ele veio em minha direção- Você aconteceu! - ele me agarrou e me beijou, na hora eu fiquei em choque mas depois que eu percebi o que estava acontecendo consegui me soltar imediatamente dele.
- VOCÊ FICOU LOUCO? - eu gritei, ele estava cheirando a bebida.
- Fiquei louco por você - ele tentou chegar perto mas eu me afastei- Vamos lá, eu só quero transar com você uma vez, Jessie me disse que você é um delírio na cama. - ele chegava cada vez mais perto.
- Eu não sei o que esta acontecendo - eu tentei parecer calma- Mas eu vou me casar com o seu filho.
- Eu sei disso - ele riu- Mas não custa nada satisfazer uma fantasia minha, ele nem vai saber. - continuei indo pra trás, quando encostei na parede, eu estava encurralada- Vamos lá docinho, uma rapidinha não faz mal a ninguém - eu já estava chorando, eu não conseguia gritar, ele me beijou mas eu não correspondi, enquanto me beijava suas mão andavam pelo meu corpo até chegarem em meus peitos e ele os apertarem. O que estava acontecendo? Só sei que por impulso me soltei dele e corri até a mesa pegando um vaso de flor.
- Não chega perto - raiva estava tomando conta de mim.
- Vai fazer o que jogar isso em mim? - ele riu.
- Eu tenho nojo de você - cuspi as palavras, ele veio pra cima de mim novamente mas eu fui mais rápida quebrando o vaso em sua cabeça.

Abri a porta rapidamente e sai correndo, descendo as escadas notei meu tio na sala, ele se virou pra mim espantado vendo a minha situação, o abracei.

- O que aconteceu? - ele perguntou assustado.
- Me tira daqui por favor. - eu disse em lagrimas.
- Mas e seu casamento?
- Não vai mais ter casamento nenhum - falei chorando- Vamos embora por favor.

Ele apenas assentiu passando seu braço pro cima do meu ombro e me levando ao lado contrario da festa, a porta dos fundos.

- Espere aqui que eu vou pegar o carro. - eu assenti ainda chorando e ele saiu.

Ouvi um barulho estranho vindo da cozinha e Beck saiu de lá segurando uma câmera.

- Sav? - ela me olhou- O que aconteceu com você? - perguntou assustada.
- Beck, eu não posso te contar - eu disse chorando- Mas eu to indo embora.
- O quê? Por quê? - ela ainda estava bem assustada- Quem fez isso com você? o Jessie sabe disso? - ela não deixou eu falar- Ai meu Deus foi ele - ela colocou a mão na boca- Eu vou matar o Jessie agora - ela disse brava.
- Não, não foi ele - eu estava me desesperando vendo ela desesperada- Eu preciso ir, não fala pro Jessie que você me viu.
- Não vai ter mais casamento? - ela também estava chorando.
- Não, eu não posso ficar mais nenhum segundo nessa casa - suspirei- Agora me promete - segurei nas suas mãos- Promete não comentar com ninguém que você me viu - ela negou chorando.
- Eu não posso. Porque você está fazendo isso? - John parou com o carro do nosso lado.
- Só me promete por favor Beck - pedi chorando.
- Eu prometo - ela disse chorando e me abraçou- Eu vou sentir a sua falta.
- Eu também - disse enquanto nos separávamos.

Entrei no carro dando uma ultima olhada para Beck.

- E então, pra onde vamos? - John perguntou.
- Pra um lugar bem longe daqui. - disse limpando minhas lagrimas.

*5 Meses depois*

- Diga suas ultimas palavras Sr. Samuels - eu mirei minha arma em sua cabeça.
- Por favor! - foi a única coisa que eu ouvi antes de dar um tiro em sua testa.

Cinco meses se passaram desde o que aconteceu na mansão dos Sommers, desde aí eu e meu tio nos mudamos para Londres,nova cidade, nova casa, novas pessoas, mas o mesmo trabalho... Ser uma criminosa.

Oi, oi gente. Eu sei que vocês devem estar querendo me matar, mas me desculpem.
Prometo postar o mais rápido possível, comentem bastante pq senão eu fico triste, por isso demoro a postar.
 Espero que gostem.


Kisse's                                                                                Jacky.'



4 comentários:

  1. continua !!! Amando aki !!!

    ResponderExcluir
  2. continuaaaa to amando, vou falar mesmo torcendo para ela ficar com o liam tava torcendo para ela se casar !!!

    ResponderExcluir
  3. Amei o capítulo!!!!
    - Lúh

    ResponderExcluir
  4. Por favor continua logoooo!!!!!!

    ResponderExcluir