Undercover - Capítulo 4 : "Indo aos céus"

| | |
A vida não é uma fabrica de desejos...



- Me procurando? - ele sussurrou em meu ouvido fazendo-me arrepiar toda.

Por mais que eu estivesse caidinha por ele eu tinha que me manter firme. Então fiz a mesma coisa que ele, passei meu nariz em seu pescoço vendo que ele também se arrepiou e sussurrei em seu ouvido.

- Acho que achei - aquilo foi o fim, ele acabou com todo o espaço que havia entre nós e me beijou, o beijo foi selvagem, havia muito fogo por parte dos dois, antes mesmo dele pedir passagem com a língua a minha já estava dentro de sua boca. Ele colocou uma das sua mãos em meu seio e começou a massagear enquanto ainda nos beijávamos. Nos separamos quando o fôlego acabou, ele foi para o meu pescoço dando leves chupões e  aquilo estava me deixando louca. Quando me dei conta ele já estava com a mão dentro do meu short e tocou minha intimidade por cima da calcinha, aquilo fez com que eu me contorce-se toda.

- Molhadinha - ele sussurrou e tomou meus lábios novamente.
- A... a- a - gente - eu tentava falar entre o beijo- A gente não pode transar aqui - eu disse, ele parou de me beijar e me encarou.
- Você tem razão, eu to doidinho pra te ouvir gemer o meu nome - ele pegou na minha mão e me puxou.
- Pra onde a gente tá indo? - perguntei enquanto a gente caminhava escondido pra ninguém notar.
- Pro meu quarto gostosa - ele deu um tapa na minha bunda.

Sinceramente eu não sei o que deu em mim, quem comanda uma transa aqui sou eu, e é isso que eu vou mostrar pra ele agora.

Ele destrancou a porta de seu quarto e antes mesmo de entramos no mesmo já estávamos nos agarrando, Liam se soltou de mim pra trancar a porta e eu me virei admirando seu quarto.

- Uma cama só? - perguntei- Você dorme em um quarto sozinho?
- É - ele veio pra cima de mim beijando o meu pescoço- Meu pai paga a mais pra mim ter um quarto só meu - ele falou entre beijos.
- Legal! - falei me virando pra ele e atacando seus lábios, Liam nos conduziu até a sua cama e deitou em cima de mim ainda me beijando. Ele tirou a camiseta dele enquanto eu tirava a minha e depois ele tirou sua calça ficando só de boxer vermelha, ah não era o cumulo da sedução. - Calminha aí! - eu falei assim que ele foi direto pro fecho meu sutiã.
- O que foi agora? - ele perguntou se jogando do meu lado na cama.
- Você tem gravatas? - perguntei e ele me encarou.
- Tenho - ele se levantou da cama indo em direção ao guarda-roupa- Não vai me dizer que você quer que eu faça uma dança sensual pra você - ele me olhou debochado.
- Nada disso - ele veio com três gravatas e sentou na cama eu já estava em pé- Eu só quero brincar um pouquinho - sorri maliciosa, e ele entendeu pois sentou na cama encostando suas costas na cabeceira. Peguei duas gravatas amarrando uma em cada mão junto na cabeceira.- Agora sim - eu disse terminando de amarrar colocando meus peitos em sua cara, sem exitar ele mordeu - Não, não, você está sendo um garoto muito levado - eu deslizei meus dedos por seu abdômem definido até chegar em seu membro, o apertei por cima da box e ele gemeu baixinho.
- Vamos logo vadia, faça o seu trabalho - ele disse impaciente e eu ri.
- Xingamentos me exitam - sussurrei em seu ouvido e apertei seu membro novamente- Quem vai gemer meu nome aqui é você - eu disse saindo de perto dele e indo até a frente da cama.

Tirei meus short bem devagarzinho junto com a calcinha, logo depois tirei meu sutiã. Liam me olhava com desejo, e modéstia parte eu não era de se jogar fora. Puxei uma poltrona que havia ali e me sente com as pernas bem abertas em frente a ele.

- Não faz isso - ele sussurrou e eu ri.

Comecei massageando o meu clitóris me estimulando, eu mordia meus lábios tentando parecer sexy e acho que consegui porque Liam não tirava o olhar de mim, sem delongas me penetrei com um dedo e comecei fazer movimentos bem rápidos, depois coloquei outro dedo me estimulando ainda mais rápido, antes de eu gozar tirei meus dedos de dentro de mim e olhei para Liam que me encarava frustrado.

- Já esta bom de brincadeiras - eu falei indo até ele e o soltando- Me fode como você nunca fodeu ninguém na sua vida - sussurrei em seu ouvido. Antes de eu pudesse dizer mais alguma coisa Liam já estava em cima de mim.

Mordi meus lábios analisando bem o seu corpo. Musculoso, tatuado, gostoso, tudo o que pedi a Deus. Liam segurou em meus pés e me puxou até seu encontro, bagunçando a cama toda. O xinguei enquanto ele debruçava em cima de mim, antes que ele fizesse isso, o empurrei, fazendo o mesmo cair do outro lado da cama, ele me olhou safado e rodeei minhas pernas em sua cintura sentando sobre seu membro, ele continuava de cueca e a elevação escondida por debaixo dela não me deixava racionar bem as coisas. Coloquei minhas mãos espalmadas abaixo de seu umbigo e fui subindo, sentindo sua pele úmida em meus dedos, chegando até sua nuca. Depois desci arranhando carinhosamente, vendo o mesmo se arrepiar. Tirei sua box me dando a visão do paraíso, seu membro já estava bem animadinho, Liam segurou em minha cintura posicionando minha intimidade em cima de seu membro, me debrucei sob seu corpo alcançando seus lábios e iniciando um beijo calmo, mas não deixava de ser quente. Com as mãos em meus quadris, Liam começou a fazer leves movimentos de vai e vem. Separei meus lábios de sua boca e direcionei para seu pescoço, dando leves beijos. Fiquei sentada sobre Liam, ele levantou-se comigo no colo e depois me deitou na cama. Ele abriu minhas pernas se pondo entre elas, senti ele forçar minha entrada o que me fez gemer, ele foi entrando lentamente em mim, suas mãos deslizaram em minha barriga até chegar em meus seios, onde ele apertou com força. Prendi minhas pernas em sua cintura, enquanto Liam movimentava-se lentamente, me fazendo gemer loucamente.

Arranhei as costas de Liam e recebi um tapa forte na bunda. Liam me beijou e depois abocanhou meu seio, ele aumentou a velocidade de suas entocadas, mordi os lábios para não gemer. Não satisfeito com a minha atitude, ele mordeu o bico do meu seio puxando em seguida.

- Filho da... – resmunguei e gemi sentindo sua língua brincar com meu mamilo.

 Como se não bastasse tamanha tortura, os dedos habilidosos de Liam alcançaram meu clitóris me estimulando rapidamente, apertei os lençóis com força. Minhas pernas já começavam a ficar dormentes, choraminguei sentindo minha vagina mastigar o pau de Liam, ele mordeu os lábios, e em seguida gozamos juntos. Liam urrou dando mais algumas entocadas. Tirei minhas pernas da cintura de Liam apoiando na cama, elas estavam cansadas. Eu estava cansada. Porem Liam nem tanto. Senti algo gélido em minha vagina e quando me dei conta era a língua de Liam trabalhando ali, ele me chupava com bastante força, seus dedos brincavam ali também, eu gemia de prazer e Liam ria – palhaço-. Ele não parou até eu gozar novamente e depois bebeu todo o meu liquido, satisfeito deitou ao meu lado me puxando para deitar em seu peito.

- Você é muito gostosa – ele disse por vez e eu ri, eu já estava meio sonolenta- A propósito eu me chamo Liam – eu já estava com os meus olhos fechados.
- Prazer, me chamo Brooke – eu disse me ajeitando em seu peito.
- Definitivamente, o prazer foi todo meu – ouvi ele dando uma risada e depois cai no sono.

[...]

Acordei e percebi que não estava no meu quarto na minha cama, pra falar a verdade não estava na minha casa. Olhei pro lado e vi Liam dormindo feito um anjo, quem vê assim nem pensa que ele fode como ninguém. Notei pelo quarto escuro, que ainda não havia amanhecido, me levantei vagarosamente tentando não fazer nenhum movimento que o acorda-se, peguei minhas roupas e as vesti rapidamente.
Antes de sair rondei por todo quarto de Liam procurando o microchip ou alguma pista de onde o mesmo estaria, procurei em lugares pequenos, em lugares grandes, em lugares que ninguém procuraria tipo: no solado dos sapatos dele e nada. Vi ele se mexendo na cama então eu resolvi deixar aquilo pra depois e sair do quarto de uma vez.

Já transei com vários caras na minha vida, e olha que eu tenho apenas 19 anos. Mas Liam Payne me surpreendeu, ele literalmente me levou aos céus, ele fode demais.


Oi, Oi gente...
Peço mil desculpas pela demora, é que parte hot não é muito o meu forte. Mas tá aí espero que gostem, e comentem o que estão achando.

Kisse's                                                  Jacky'.

9 comentários:

  1. Bom demais, continua

    ResponderExcluir
  2. Adoreeei :3 continuua

    ResponderExcluir
  3. Ficou perfeito.
    Seu hot tá ótimo ;'v
    Contiinua

    #Debby

    ResponderExcluir
  4. Adorei o seu hot ta nota 10 continua eu adoro o filme e ja adoro a fic

    ResponderExcluir
  5. OMG! Q biscate kkkk enfim continua curiosa
    xoxo Duda

    ResponderExcluir
  6. ai 100or, fiquei exitada tbm!!!!
    meu deussssssss
    continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir