Undercover- 1° Capítulo: That I can't promise

| | |


Narrador on


- Ahh meu Deus, hummm – Savanna gemia enquanto o rapaz a penetrava com toda a sua força.
- Você é muito gostosa – o rapaz a estocava com muita rapidez
- E-e-eu acho que eu vou... – antes de a garota terminar a sua frase ela havia gozado assim como o cara também e tombou deitando ao seu lado na cama de um motel qualquer na beira da estrada-
- Segundo round? – o rapaz a olhou malicioso e ela sorriu sapeca. Quando ia partir pra cima do cara novamente seu celular tocou e ela se esticou pegando o mesmo no chão.

-Oi- ela disse assim que atendeu- Uhum, uhum, daqui dez minutos eu chego. - depois daquelas simples palavras ela desliga o telefone e se levanta da cama pegando suas roupas e as vestindo.

-Desculpa gato, mas eu tenho que ir – ela coloca suas botas e pega seu capacete e sai do quarto sem menos esperar o cara dizer algo.

Dez minutos depois Savanna chega há seu destino, um galpão abandonada, seu tio havia ligado para eles se encontrarem ali.
Essa era a vida de Savanna, após a morte de seus pais ela resolveu entrar para o mundo do crime juntamente com o seu tio John.  Após encostar sua moto ela avistou seu tio na porta do galpão e foi em direção há ele.

-Tio – ela deu um beijo em seu rosto- O que tem pra mim? –ela perguntou já imaginando um novo serviço.
-Esse é Geoff Payne – lhe entregou um papel com dados e a foto do homem- Estamos quase certos de que ele é quem está com o microchip contendo os dados com as informações sobre Gregor Smith- entregou outra foto- o cara que tem todas as senhas criptografadas de todos os bancos da Inglaterra.
- E? –ela perguntou tediosa.
- Precisamos desse microchip. – ele falo como se fosso obvio.
- Tá, e onde eu entro nisso?
- Que bom que pergunto – ele lhe entregou outra foto com dados pessoais- Esse é Liam Payne, o filho de Geoff suspeitamos que o microchip esteja com ele. Ele estuda na Universidade aqui de Londres sobre criminalística, queremos que você se infiltre lá como aluna e se aproxime do garoto.
- Tio você sabe que essa não é a minha praia. – ela fez deboche.
- Precisamos de você Savh, sabe quanta grana a gente pode conseguir com esse chip? -ela negou- Você sabe que é a única pessoa que eu confio, eu preciso de você –ele implorou.
- Tá – ela se deu como vencida- Quando eu começo?
- Primeiro a gente vai te arrumar – ele a puxou pra dentro do galpão.
- Me arrumar? Tio o que tem de errado comigo? - perguntou indignada.
- Nada, mas agora você é uma universitária – uma garota falou sorrindo pra ela. (Savanna odeia sorrisos). Oi eu sou Rebeca e vou te deixar uma diva – ela pegou na mão de Savanna e a puxou, Savh olhou para o tio como se estivesse pedindo piedade e ele riu.

Após quase cinco horas de produção Savanna estava pronta em frente a um espelho.

- Ai Cassetada! – ela disse assim que se viu.
- Ai meu Deus!- Rebeca disse.
- Ai cassetada!- Savh disse novamente.
- Ai meu Deus! – Rebeca repetiu- É assim que você tem que dizer “ai meu Deus” – disse de novo.
- Ai meu Deus!- Savh disse por final- Ai meu Deus!
- Isso mesmo- Rebeca disse- Você está irreconhecível.
- Eu estou parecendo uma patricinha mimada – Disse vendo suas roupas.
-Você está linda – John disse- Agora venha comigo. – eles caminharam para trás do galpão- Esse será o seu celular agora – ele lhe entregou um iphone com uma capinha cheia de gliter rosa.
-Sério? – Savanna fez uma careta.
- Sim, senhorita Brooke White.
- Quem? – ela perguntou sem entender.
- Brooke White, esse será o seu nome, você será uma aluna de intercambio que veio do Brasil e é louca por criminalística, você está em quase todas as aulas que o filho de Geoff está.
- E quando eu começo? – perguntou tediosa-.
- Saindo daqui você já vai direto pra universidade. – fez uma pausa- Ai que orgulho do tio – ele riu irônico.
- Sem graça nenhuma, só estou fazendo isso pra te ajudar – a garota retrucou.
- Agora, aqui está o seu outro presente – ele tirou um pano de cima de um conversível vermelho.
- Sério? Porque eu não posso ir de moto? – ela perguntou indignada.
-Porque agora você é uma garota de universidade- deu um beijo em minha testa- Tente ser simpática – ele entregou as chaves do carro pra ela.
- Você quis dizer “seja falsa” na minha língua. - ela entrou no carro.
- Mas uma coisa – ele encostou na janela do carro.- Tente não dormir com os alunos do campus. – Savanna riu.

- Isso eu não posso prometer. -Ela ligou o carro e saiu cantando pneu.


Oi, oi gente...
Então tá aí, desculpem a demora...
Espero que gostem do primeiro capítulo e comentem bastante sobre o que vocês acharam.


Kisse's                                                                                                     Jacky.'                       

10 comentários:

  1. Perfeito continua :)

    ResponderExcluir
  2. UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUH , AMEI *-* , SENSACIONAL *-* . Tinua mina :*

    ResponderExcluir
  3. Cara eu amei faz tempo q eu não leio uma imagine perfeita com o liam
    Pf continuaaa

    ResponderExcluir
  4. nossa '-' imitou pouco o filme A Super Agente, né?

    ResponderExcluir
  5. Ummm você gosta do filme A super agente ??? Kkkkkk amo esse filme kkkk mt boa a fic so asustei no inicio .-. Kkk

    ResponderExcluir
  6. Ele vai se apaixonar por uma criminosa! ':o continua tá pftinha :3

    ResponderExcluir
  7. Nossa continua, tipo tá perfeito *--*

    ResponderExcluir
  8. Não vejo q hora de ela se encontrar com o Payne hehe continua
    xoxo Duda

    ResponderExcluir